ESPECIAIS DE COMÉDIA NA NETFLIX – Só minas

Basta uma procura rápida pelo título de “standup e talk shows” na Netflix que você verá pouquíssimas indicações com mulheres, mas estão lá e, sinceramente, são bem melhores que muitos feitos por homens também disponíveis na plataforma.
Nesse post separei meus três favoritos, os que me fizeram gargalhar de verdade (o que é bem difícil).

Iliza em Confirmed Kills – Netflix

1) Iliza – Confirmed Kills
“Bebedeira, ressaca, possessão, sexo, encontros românticos e nem tanto e sereias” poderia ser uma boa sinopse para o especial, mas deixaria ainda muita coisa de fora do que é o meu stand-up favorito na plataforma.
A loirinha possui uma carreira brilhante na comédia, sempre ganhando nas competições em que participava e em 2016 ganhou um programa na TV americana.
Mais outros dois especiais antigos também estão disponíveis, além da sua participação na série GIRLBOSS produzida pela Netflix (ela é a loira da balada com os tickets para bebidas).
É a pedida certa pra qualquer tipo de humor, desde o pastelão até o inteligente.

Ali Wong em Baby Cobra – Netflix

2) Ali Wong – Baby Cobra
Uma japonesa de óculos, com aparência de frágil e uma barriga de grávida gigante (que de início parece até falsa) entra no palco. Em poucos minutos, e com uma boca bem suja, Ali começa a contar sobre sua vida e experiências sobre envelhecer, ter um parente acumulador e uma lista extensa de casos amorosos.
Foi o primeiro especial que assisti na Netflix que me fez morrer de rir e procurar outros parecidos.
Wong também é responsável por produzir e escrever a série de comédia norte americana “Fresh off the Boat“, que também vale a pena assistir.

Amy Schumer em The Leather Special – Netflix

3) Amy Schumer – The Leather Special
A estrela proeminente da comédia ganhou um especial na Netflix, mas não chega a ser tão engraçados como os dois acima. Com um humor bem “Amy Schumer” o stand up se torna muito mais uma aula sobre aceitação, amadurecimento e sexo (óbvio) do que uma comédia desleixada e pastelona. Com certeza é um “must see” pra geral em 2017 que ainda não entendeu direito sobre o tema “gentileza e empatia”.
YOU GO AMY!

BÔNUS:
Eu sei que o título diz “Especiais de Comédia”, mas essas duas miniseries são muito boas para serem deixadas de lado:

A personagem Tracey de Chewing Gum

Chewing Gum: você passa mal de rir e de vergonha alheia com a personagem principal, Tracey, uma garota negra, de família religiosa, que mora no subúrbio de Londres e está se descobrindo sexualmente. A história mescla uma comédia de erros,
com um mockumentary (falso documentário) que te fará rir, querer ajudar, se ver na atrapalhada garota e refletir sobre a seriedade da vida. Maratona certa para o final de semana.

Chelsea Handler no documentário “Chelsea Does” – Netflix

Chelsea Does: comediante que virou uma das paresentadoras de maior sucesso, Chelsea Handler fez essa minissérie antes de lançar seu talkshow também produzido pela Netflix (que merece ser assistido por todos também). Se declarando burra, sem vontade,  alcoólatra e com o humor ácido de sempre, Chelsea se joga em 4 episódios sobre drogas, racismo, casamento e tecnologia para tentar reverter sua situação e quebrar esteriótipos. Quase um estudo antropológico se não fosse tão escrachado (e engraçado).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *